Diocese de Propriá celebra o seu 59º aniversário de instalação


A Diocese de Propriá comemora neste dia 16 de Outubro, o seu 59° aniversário de instalação. Neste dia memorável, nossa diocese se une na Ordenação Presbiteral do Diácono Gedeão Pontes, que acontecerá na Catedral de Santo Antônio as 19h presidida pelo bispo diocesano, Dom Vitor Agnaldo de Meneses.


A Diocese de Propriá foi criada em 30 de abril de 1960 pela Bula Ecclesiarum omnium do Papa João XXlll, desmembrada da então Diocese de Aracaju. Esta mesma bula também erigiu a Diocese de Estância e elevou a então Diocese de Aracaju a categoria de arquidiocese. Nossa circunscrição pertence à Província Eclesiástica de Aracaju e ao Regional Nordeste III da CNBB e se tem Nossa Senhora do Rosário de Fátima como sua excelsa padroeira.

A Diocese de Propriá situa-se geograficamente no norte do estado de Sergipe, composta por 26 municípios: Amparo de São Francisco, Aquidabã, Brejo Grande, Canhoba, Canindé de São Francisco, Cedro de São João, Gararu, Graccho Cardoso, Ilha das Flores, Itabi, Japaratuba, Japoatã, Malhada dos Bois, Monte Alegre de Sergipe, Muribeca, Neópolis, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora de Lourdes, Pacatuba, Pirambu, Poço Redondo, Porto da Folha, Propriá, Santana do São Francisco, São Francisco e Telha. Destes, compostos de 28 paróquias.


Durante a nossa história, tivemos a condução de quatro prelados: Dom José Brandão de Castro, CSSR (1960-1987), Dom José Palmeira Lessa (1987-1995), Dom Mário Rino Sivieri (1997-2017); e o atual Bispo Diocesano Dom Vitor Agnaldo de Menezes. Além das belezas naturais, tais como os cânions do Rio São Francisco (Canindé do São Francisco) e a sua foz (Brejo Grande), as praias do litoral norte de Sergipe, a Grota do Angico, local da execução de Lampião (Poço Redondo), a Ilha de São Pedro com o único reduto indígena do Estado (Porto da Folha), a nossa Diocese também abriga manifestações de um povo de fé: Festa de Bom Jesus dos Navegantes (Propriá, Ilha das Flores, Sant’Ana do São Francisco, Gararu, Ilha do Ouro em Porto da Folha), os louvores a São Benedito (Japaratuba) , a devoção a São Francisco de Assis em todo estuário do “Velho Chico” as festas dos padroeiros nas paróquias.


A Instalação da Diocese de Propriá ocorreu no dia 16 de Outubro de 1960. Propriá, a formosa urbe sergipana que se debruça risonha e vibrante à beira do São Francisco, estava engalanada para celebrar festivamente a sua elevação à categoria da sede de uma das dioceses criadas pelo Santo Padre, São João XXIII, na Província Eclesiástica de Aracaju.


O acontecimento marcou um dos mais gloriosos fatos de Propriá, a qual desde bem cedo, situou na história de Sergipe a sua posição de liderança de toda a zona norte do estado e na região fisiográfica do Baixo São Francisco. 


O ambiente em Propriá, segundo testemunhou o repórter que lá esteve, colhendo dados para uma reportagem; era de febril entusiasmo por parte da população, nos preparativos para uma recepção condigna ao seu 1º Bispo, Dom José Brandão de Castro e para a festa inaugural da nova Diocese.


Neste ambiente de forte evangelização e de trabalho pastoral, a Diocese de Propriá está trabalhando incansavelmente para aprofundar, sobretudo, o sentido de ser Igreja, sua vivência e missão. A celebração dos 59 anos é endossada por um fortalecimento das ações missionárias e pastorais, em especial as vocações sacerdotais e religiosas; lançamento do novo brasão diocesano que visa representar, através de vários elementos próprios da arte da heráldica, os valores do seu povo e da instituição; e na preparação do novo plano pastoral que será lançado no final deste ano, junto com o lançamento do jubileu dos 60 anos da nossa diocese.


Diocese de Propriá

Igreja Católica Apostólica Romana

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

CNBB NE 3 / Sub-regional 2

Contato:

Telefone: (79) 3322-1757

E-mail: diocesepropria@bol.com.br

Cúria Diocesana:

Travessa Municipal, 117

49900-000 / Propriá-SE

Func.: Seg a Sex: 08h às 12h / 14h às 18h

Todos direitos reservados a Diocese de Propriá 

logo 2.png