"QUEM QUISER SER O PRIMEIRO SEJA O VOSSO SERVO." (Mt 20, 27)




Jesus, Bom Pastor, nunca deixou de chamar e enviar Pastores para Sua Igreja. E a Diocese de Propriá, nunca deixou de experimentar essa grande graça. Em sua imensa generosidade Deus sempre suscitou homens dispostos a segui-Lo e viver segundo o Seu coração dentro do ministério sacerdotal. De modo que as terras que receberam missionários, hoje envia missionários para outras terras como sinal de que a semente do Evangelho continua germinando e se espalhando para fazer crescer e realizar o Reino de Deus entre nós e para nós.



Neste mês Vocacional, especificamente, hoje, 18 de agosto, celebramos este precioso Dom de Deus ao festejarmos os 26 anos de sacerdócio seis sacerdotes da nossa Diocese de Propriá: Pe. Jânison Sá (Assessor Nacional de Catequese da CNBB); Pe. Márcio Gonzaga, pároco na Paróquia São Félix de Cantalice e Ecónomo da Diocese; Pe. Odair Francisco, pároco na Paróquia Nossa Senhora da Glória atual Vigário Geral e Diretor do Colégio Diocesano; Pe. Roberto, Fazenda da Esperança em São Paulo; Pe. José Wilson, pároco da Paróquia Senhor das Misericórdias e Pe. Gildo, Pároco de uma das mais novas paróquias da Diocese, Nossa Senhora Mãe dos Homens.



A comemoração é muito significativa para nossa Diocese, pois estes seis sacerdotes, inspirados em Mt. 20, 27 escolheram como lema para a vida ministerial: "Quem quiser ser o primeiro seja o vosso servo" para desse modo se colocarem dentro do projeto de Deus. Assim, ao longo destes 26 anos, estes padres prestaram e continuam prestando um grande serviço para o Povo de Deus, seja em nossa Diocese, seja em outros lugares onde são enviados em Missão, levando a Eucaristia e todos os demais sacramentos como sinal de Esperança e Salvação no mundo, sendo eles mesmos sinais do Amor de Deus.



Rezamos para que na fecundidade ministerial de cada um, Deus possa conduzi-los sempre mais na força e ação do Espírito Santo e Ele mesmo suscite novas vocações sacerdotais em nosso meio. Rendemos, pois, graças ao Senhor por vossas vidas doadas no altar e consumidas no dia-a-dia por Aquele que vos chamou a tão preciosa Vocação!